terça-feira, 11 de setembro de 2007

A PALAVRA DA CRUZ

pastor Rogério Nascimento


1 Cor 1.17-25


A mensagem da cruz é a mensagem central do cristianismo e não existe cristianismo verdadeiro sem a verdadeira compreensão da obra de Cristo na cruz.


A mensagem da cruz era de crucial importante para Paulo. Ele a tem como a mais importante mensagem a ser pregada. Ele nos diz que esta mensagem é a verdadeira pregação do Evangelho.
A mensagem da cruz é o evangelho a ser pregado (v.17)
Esta mensagem a maneira como o poder de Deus se manifesta (v.18)
Esta mensagem é demonstração da sabedoria de Deus (v.19-21)
Esta mensagem é o desafio de Deus ao mundo (vs. 22-25)
A cruz de Cristo, na verdade é toda sua obra redentora. Sua humilhação e exaltação. A obra que consumou nossa salvação. Na cruz ele preparou um lugar para nós na eternidade. Na casa eterna do Pai.
“A morte de Cristo é o ponto central da história. Para aí todas as estradas do passado convergem; e daí saem todas as estradas do futuro” stephen neil.
Somente conhecemos a Cristo vendo-o na cruz. Somente encontramos Jesus se pudermos vê-lo como Cristo crucificado. Não podemos vê-lo antes da cruz somente, nem depois somente.
Muitos param antes da cruz. Outros tentam encontrá-lo somente como ressucitado.Muitos evitam a cruz, e assim fazendo rejeitam a Jesus.
“Cristo é para nós o que o é a cruz. Tudo o que Cristo foi no céu ou na terra foi colocado no que ele fez ai. Cristo é para nós justamente o que cruz o é.
A pessoa não pode compreender a Cristo, a Jesus, sem que compreenda, até que compreenda sua cruz” P:T. Forsyth.
Na sabedoria de Deus, uma cruz particular. Um madeiro real ao qual um homem foi enviado, fora dos muros de Jerusalém, tornou-se o instrumento de redenção universal.
A cruz é o centro. Tudo vem da cruz. Todas as bênçãos nos vêm de Cristo na cruz.
A cruz é o trono do Senhor de onde as bênçãos fluem.
A cruz pertence a Jesus para sempre.
Apesar de verdadeiramente ressucitado, não pode ele ser separado de sua cruz.
Na igreja primitiva pregava-se a Jesus e sua ressurreição (At 17.18), mas também a “Jesus Cristo e este crucificado” 1Cor 2.2
A cruz deve ser assumida por cada um de nós. Quanto mais fraca nossa interpretação da cruz de Cristo, mais fraca será nossa fé. Quanto mais leve nossa cruz, mais fraco será nosso testemunho.
Quando melhor compreendermos o que a cruz significou para o Senhor, melhor compreenderemos o que ela deve significar para nós.
Se olharmos atentamente para Jesus na cruz, veremos a nós mesmos, com todas as nossas necessidades, pecados e enganos.
É na cruz que Deus opta por retirar a ira de sobre aqueles que humildemente crêem que Cristo levou sobre si todos os nossos pecados.
Não podemos entender mal a obra da cruz. O que ela realmente significa.

1 . A CRUZ É O AMOR DE DEUS DEMONSTRADO PELOS PECADORES.
Alguns interpretam a cruz como o mais alto tributo ao valor humano. Eles raciocinam da seguinte forma: “ já que Deus se dispôs a mandar seu filho para morrer por nós, isso significa que somos pessoas de grande valor. Por isso, devemos usar a cruz como o meio de comprar nossa dignidade. O ser humano era tão valioso que Deus enviou Jesus”.
Assim, a condição é que o ser humano tem o direito de ser abençoado por Deus, pelo fato de ser quem é – humano.
A cruz, assim não será ofensiva, nem s era considerada uma loucura.
Pessoas assim, não captam a mensagem central da cruz.
A cruz não apenas prova o amor generoso de Deus para com os pecadores, mas também a intensidade de nosso pecado e de nossa rebelião contra ele.
A cruz não exalta ninguém que primeiramente não tenha sido humilhado.
A cruz expõe a futilidade de nosso sentimento de superioridade e nos faz recordar que somos pecadores, incapazes de salvar a nós mesmos.
Diante da cruz não nos exaltamos, mas nos humilhamos.
A mensagem central do cristianismo não é o Sermão do Monte, nem as parábolas de Jesus que ilustram o amor ao próximo.
A mensagem que transformou o mundo do primeiro século, era que os seres humanos são culpados, irremediavelmente culpados por pecados que não podem ser compensados.
Ao olhar para a cruz, eu vejo o grande amor de Deus. A grande misericórdia de Deus, e como ele desejou salvar o mundo (Jo 3.16)

2- A CRUZ É O PODER DE DEUS PARA NOSSA SALVAÇÃO.Outra interpretação errônea, considera a cruz como uma ideologia a ser defendida. É uma idéia, uma cosmovisão a ser defendida.
É o cristianismo engajado em apologéticas. Este não é o centro da cruz. Um exemplo desse cristianismo é: Ser cristão é ser contra o aborto, contra o homossexualismo, contra o comunismo etc. Contra isso, contra aquilo-
O cristão também poder fazer isso, mas isso, a postura não torna ele um cristão.
A marca do cristão – ser cristão é crer e aceitar Jesus, e este crucificado.
Crer que Cristo morreu na cruz para salvar os pecadores da destruição eterna.
A cruz, a morte de Jesus é para nossa salvação.
A mensagem da cruz é o poder de Deus para a salvação do que crê.

3 – A CRUZ MOSTRA A GRANDEZA DE JESUS COMO NOSSO SUBSTITUTO.
Alguns olham para a cruz com profundo sentimento, mas sem espírito de arrependimento. Como aquelas pessoas que choram pelo sofrimento de Jesus, sem o verdadeiro motivo.
Choram por ele, mas não choram por si mesmos.
Choram pelos sofrimentos de Jesus na cruz, mas não pelos próprios pecados que o puseram lá.
O sofrimento de Jesus foi terrível, pelo simples fato e razão de que nosso pecado é terrível.
Devemos também lembrar, que o sofrimento de Jesus não foi somente físico. O pior foi o sofrimento espiritual que ele suportou quando a sua união como pai foi interrompida na cruz. Este foi o supremo sofrimento.
Esta agonia, nenhum ser humano jamais poderá experimentar.
Os crucificados sofriam os mesmos sofrimentos, mas o cálice de dor que o Pai deu para Jesus beber ninguém experimentou. Ele levou o castigo pelos pecados de toda a história.

É preciso não esquecer que nossa salvação e redenção foram conquistados na cruz. E que não devemos nos envergonhar dela, nem evitar a cruz de Cristo.








Nenhum comentário: