quinta-feira, 8 de julho de 2010

O HOMEM QUE NEGOU JESUS - II


pastor Rogerio Nascimento



AS FALHAS NA ESPIRITUALIDADE DE PEDRO COMO CAUSA DE SEU FRACASSO – primeira parte.
Texto Mt 26.31-45

Pedro era um homem integro. Errou por causa de equívocos e falhas na sua espiritualidade prática. Vemos nos relatos dos Evangelhos, que ele precipitado ao falar. Não ouvia, era orgulhoso e muito impulsivo. Antes de negar a Jesus, vemos as seguintes falhas na espiritualidade de Pedro.


A PRIMEIRA FALHA - POUCA ORAÇÃO
Jesus estava para passar um tempo em oração. Ele convida os discípulos para ir junto. Ele leva na verdade, Pedro, Tiago e João. Ele diz: “fiquem aqui e vigiem comigo” v.38
“vocês não podem vigiar comigo nem uma hora?” v.40
“vigiem e orem para que caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca” v.41
“Jesus, de novo os encontra dormindo porque estavam cansados”. V.43
Jesus convidou Pedro para orar, porque era importante para Pedro.
Quando temos uma batalha forte contra o mal ou circunstância difícil, o Senhor nos chama a oração. A maior parte dos fracassos que temos ao enfrentar problemas, vêm, por falta de oração. Se Pedro tivesse orado com Jesus, ele teria mais força, mais visão espiritual.
A oração nos faz fortes, renova nosso espírito. Os momentos de tribulação existem, e Jesus avisou a Pedro que ele iria enfrentar problemas. Jesus disse a Pedro: “Satanás pediu para peneirar você como trigo, mas eu roguei por ti, para que tua fé não desfaleça; tu, pois, quando te converteres, fortalece os teus irmãos” Lc 22.31,32
A oração é o melhor remédio prático que podemos usar em tempos de tribulação. Jesus, quando sua alma ficou angustiada, foi para a oração. Uma intensa oração.
As tribulações são um cálice do qual todos precisamos beber neste mundo. “no mundo vocês terão aflições” – Jesus disse.
No Livro de Jó está escrito: “O sofrimento não brota do pó, e as dificuldades não nascem do chão. No entanto, o ser humano nasce para as dificuldades, tão certo é isso como as fagulhas voam para cima.” Jó 5.26-27
Não podemos evitar as dificuldades. Dentre todas as criaturas, nenhuma é tão vulnerável quanto o ser humano. Nosso corpo, nossa mente, nossa família, nossos negócios, nossos amigos – são várias portas por onde a tribulação pode vir.
Mesmo os mais santificados dos Filhos de Deus não podem de declarar como exceção. A exemplo de Jesus, os crentes, com grande freqüência, são “homens de dores”.
Qual seria a primeira coisa que deveríamos fazer quando a tribulação vem? Deveríamos orar.
A primeira pessoa a quem deveríamos pedir ajuda é ao nosso Deus. Deveríamos contar ao nosso Pai, que está no céu, todas as nossas aflições. Pedro e os outros discípulos, estavam para ser peneirados por Satanás – então eles deveriam orar, mas preferiram dormir. Foram vencidos pelo fracasso – pelo cansaço, pelo desejo de não orar.
Vejamos o poder que a oração tem e o que aconteceria se Pedro e o que acontece quando oramos mais:
1 – A ORAÇÃO DO CRENTE TRAZ O PODER DE JESUS À SUA VIDA.
Jesus orou por Pedro, para que ele não desanimasse na tribulação. Se Pedro orasse também, a oração de Jesus por ele teria efeito mais imediato e real.
Quem ora crê. Quando oramos cremos. Enquanto estamos orando não estamos sucumbindo à dúvida.
Enquanto oramos não desfalecemos. Não somos derrotados.
2 – A ORAÇÃO NOS FAZ VENCER AS TENTAÇÕES.
Jesus disse: “orem para que vocês não caiam na tentação”.
Pedro foi provado. A provação não é tentação, mas na provação podemos ser tentados.
Pedro foi provocado três vezes, e aos poucos foi se irando.
Além de negar a Jesus se descontrolou. Mas a oração de Jesus fez efeito na hora mais necessária. Pedro se arrependeu e finalmente se converteu. Quando estamos lutando, devemos orar para não cairmos nas tentações. A tribulação nos desafia, mas na oração somos fortalecidos.
3 – A ORAÇÃO NOS FORTALECE ESPIRITUALMENTE.
Jesus disse: “ O espírito está pronto, mas a carne é fraca”.
Pedro negou Jesus, porque, estava vivendo um momento de grande fraqueza. Foi uma sucessão de erros. Não deu importância para a advertência de Jesus.
Dormiu, quando devia orar. Quis lutar com os soldados. Seguiu Jesus de longe. Negou a Jesus.
Podemos dizer que ele se encontrava fraco. Jesus disse: Ore, porque a carne é fraca. Se Pedro tivesse orado, ele certamente teria mais discernimento.
Quando oramos fortalecemos nosso espírito. Somente através da oração nos fortalecemos espiritualmente.
Se você está vivendo momentos de tentação, de luta, de fracasso, vá imediatamente à oração.
Você precisa orar. Sem oração não dá.


Nenhum comentário: